Sonidos do fim

José Infante  »   maio 2022

Parte 2

Continuamos embocando a trombeta. A invasão russa à Ucrânia nos move aos capítulos 38 e 39 de Ezequiel – a investida russa a Israel na Grande Tribulação. Circulou pela Rede uma afirmação do líder russo dizendo que “Israel não é dono das colinas de Golã”. Fato ou Fake, a verdade é que os russos serão atraídos a invadir Israel. A profecia será cumprida.

Enquanto isso, coisas espantosas se sucedem nos movendo a ressoar os Sonidos do Fim:

Inimigos de Deus. Paulo vaticina que no final dos tempos se levantariam homens blasfemos, também definidos como “aborrecedores e detestadores do Senhor” (Rm 1.30).

Um exemplo bem atual é a massificação da “podridão moral” como “novo normal”. Que o digam certas “celebridades do inútil”.

Um exemplo do que falo está num filme de 2017 que só agora chegou à rede. Um conteúdo anárquico e incitação à pedofilia. Um personagem que convida dois adolescentes a masturbá-lo. Um acinte aos valores cristãos que devem nortear uma sociedade. Sem tais valores os homens ficam “entregues a si “mesmos” – o pior que pode acontecer à humanidade.

Mais e mais vamos presenciando o que significa uma geração sem temor ao Sagrado:  violenta, insensível, imoral e inimiga de Deus!

Deturpadores das Escrituras. Judas nos alerta à predição feita pelos apóstolos, “que nos últimos dias haveria escarnecedores que andariam segundo as suas ímpias concupiscências. Estes são os que causam divisões, sensuais, que não têm o Espírito” (Jd 17-19).

Os púlpitos vão dando lugar aos palcos. Há um vídeo circulando na Rede que retrata a anorexia doutrinaria e frieza do tempo presente. Tal vídeo mostra o diabo satisfeito com a ação dos filhos das trevas entre os “crentes bananas” – que desprezam a doutrina bíblica e apoiam um cristianismo sem cruz! Não entra no coração desta gente que sem santidade não há fé real em Jesus! Como disse Jesus a muitos que o ouviam: “A minha Palavra não entra em vós” (Jo 8.37). É gente que atropela as Escrituras e não teme a Deus.

Mudança de Modos. Quanto ao modo de vida cristã, a Palavra é clara dizendo que o salvo deve “viver de modo digno do Senhor e para o seu inteiro agrado” (Cl 1.10). O analfabetismo bíblico trouxe uma nova mentalidade ecumênica. A salvação pode estar também com outras religiões, pois nós “não somos donos da verdade” (cada qual tem sua verdade, dizem!) e a salvação não está só em Jesus. Isso é total desconsideração ao “EU SOU O CAMINHO”.

O Pr. Agnaldo Faissal Carvalho, num abençoado escrito disse: “…A doutrina da salvação, por exemplo, está deixando de enfocar o caminho da cruz como único meio de salvação, e o próprio Jesus está deixando de ser a exclusiva revelação de Deus ao homem, pois segundo dizem, Deus também se manifestou na forma de Buda, Allah, Brahma, Nirvana e outros mais (O Desafio do Mundo Pós-Moderno – Ed. Cristã Evangélica).

Sim, o mundo mudou muito. Mas convenhamos, os “evangélicos também mudaram muito”, como disse A. Tozer. Tudo caminhando para o fim!

Portanto é tempo de soar a trombeta.  Sonido certo, pois o Sol da Justiça vai raiar sobre a “noiva de Cristo” – um poucochinho de tempo e Jesus virá buscar os seus fiéis!

2 respostas para “Sonidos do fim”

  1. Eliene Ribeiro Souza Santos disse:

    Amém, precisamos de mais e mais brados como este, para alertar aqueles cristãos que se esquecem que a nossa Pátria não é aqui

  2. Acredito nestas palavras! Infelizmente muitos estão dirigindo as igrejas ao seu modo. Culto no dia conviniente de não perder o seu lazer semanal. Literalmente estão mudando o versículo “Buscai primeiro o Reino de DEUS e as demais coisas vos serão acrescentadas” PARA: Buscai o seu lazer final de semana e outro dia o REINO de DEUS.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.