Senhor, ensina-nos a orar!

José Infante  »  fevereiro 2021

Nas minhas orações oro a petição dos discípulos: “Aumenta-nos a fé” e “Ensina-nos a Orar”! Jesus orou, e muito! Alertou-nos sobre a necessidade de orarmos e vigiarmos. E neste tempo de “cousas espantosas”, nossa, como precisamos orar – e de oração também! Oração é marca dos que são cheios do Espírito e da Palavra!

A. Tozer conta de um servo de Deus a quem foi perguntado: “O que é mais importante: Ler a Bíblia ou Orar”? E o servo do Senhor respondeu: “O que é mais importante para um pássaro, a asa da direita ou a asa da esquerda”?

Como voar só com uma asa!? Os naufrágios na vida cristã estão ligados a negligência na Oração e no meditar das Escrituras – Jesus disse: Orai para que não entreis em tentação; Examinai as Escrituras e Errais por não conhecerdes as Escrituras (Lc 22:46; Jo 5:39; Mt 22:29). Sem asas para subir na vida cristã, a queda é certa!

Na ORAÇÃO DO PAI-NOSSO Jesus nos deu uma oração modelo com um sublime significado. Excelente as linhas de R.W.D sobre a Oração Modelo:

“O ‘Pai Nosso’ foi dado por Cristo aos seus discípulos como uma oração padrão, não como uma reza formal a ser recitada mecanicamente sem nenhum significado. Não posso dizer nosso se vivo para mim mesmo, em um compartimento espiritual estanque. Não posso dizer Pai se não me esforço para viver como filho Seu. Não posso dizer que estás nos céus se não estou guardando meus tesouros lá. Não posso dizer santificado seja o Teu nome se não estou lutando pela santidade. Não posso dizer seja feita a tua vontade, se sou desobediente à Sua Palavra. Não posso dizer na terra como no céu, senão O sirvo aqui e agora. Não posso dizer o pão nosso cotidiano dá-nos, se sou desonesto ou se trabalho ilegalmente. Não posso dizer perdoa-nos as nossas dívidas, se abrigo rancor contra alguém. Não posso dizer não nos deixe cair em tentação, se eu deliberadamente me enredo por esse caminho. Não posso dizer livra-nos do mal, se não me revisto de toda a armadura de Deus. Não posso dizer teu é o reino, se não sou leal ao Rei como súdito. Não posso lhe atribuir todo o poder, se temo tudo que os homens podem me fazer. Não posso lhe atribuir a glória, se busco a minha própria honra. Não posso dizer para sempre, se todos os horizontes da minha vida estão limitados pelas coisas temporais” (citado).

ENCHEI-VOS DO ESPÍRITO! Agora, e não mais tarde! E sempre! É assim que virá poder para vivermos o significado da oração do Pai Nosso! O inferno treme diante de um crente que ora. Não cessa de criar “obstáculos mil” para impedir quem ora! O desânimo é uma arma poderosa do inferno sobre quem ora! Daí a ordem do apóstolo: Orai sem cessar (1a Ts 5:17). É orando em todo tempo e em todo lugar que acontecem mudanças, e a principal delas é ficarmos mais parecidos com Jesus! E aí vem mais unção, submissão, bênçãos no lar, mais amor à igreja e uma expectativa maior pelo encontro com Jesus nos ares!

Sim, Senhor, ensina-nos a orar! Derramar o nosso coração diante de ti, tal qual os patriarcas, profetas, apóstolos e o próprio Senhor Jesus! Urge que “vivamos com os nossos olhos para baixo, e o coração para o Alto”. Foi assim que o publicano “desceu justificado”! Senhor, ensina-nos a orar!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *