Projeto SAP – “Salvando Almas pela Palavra”

Observatório Missionário  »   novembro 2021

Estamos nos preparando e providenciando os credenciamentos para o retorno presencial nas Unidades do Complexo Prisional de Serra Azul (Masculinas), Ribeirão Preto e Guariba (Femininas), Unidades estas que já nos contataram para recomeçarmos os trabalhos de assistência espiritual e humanitária. Procuraremos dar continuidade ao (Projeto S.A.P.) “Salvando Almas pela Palavra” como parte efetiva da Capelania Cristã Prisional, DEUS nos dê força e sabedoria.

Ainda estamos com um canal no canal do YouTube, inscreva-se e saiba o que tem sido realizado pelo projeto. Incansavelmente continuamos a clamar por 10 casais para a Capelania Cristã Prisional e 100 voluntários com responsabilidade e comprometimento para alcançarmos o nosso Estado, o nosso País. Temos duas frentes de expansão em oração (O Sudeste – Minas Gerais e o Norte – Amazonas e considerando Roraima). Hoje pelas estatísticas do DEPEN (Departamento Penitenciário Nacional), a Região Norte está em primeiro lugar como a mais violenta do País. Louvamos ao SENHOR porque até aqui Ele tem nos ajudado. Amados, a Igreja de Jesus Cristo resgatada pelo seu precioso sangue que se encontra no Sistema Prisional saúda os amados irmãos. Orai por nós sempre, pelo… Suprimento Espiritual: Sabedoria e compaixão; salvação e santificação das almas por onde pregarmos; salvação / santificação de meu filho Luccas e sua esposa Gabriela. Suprimento Emocional: Livrai-nos do mal; proteção em viagens, nas prisões e no dia a dia; pelo retorno à Assistência presencial Espiritual e Humanitária nas Prisões. Suprimento Físico: Que sejamos livres das enfermidades das prisões e do dia a dia. Suprimento Material e Ministerial: Bíblias Letra grande e ou gigantes; por nossa filha Isabella que se encontra em Manaus/AM e todas as suas necessidades; pela venda de um imóvel da Família. Suprimento Financeiro: Para nossos compromissos e necessidades; para a reforma da casa (2ª fase das infiltrações).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *