Pandemia e ansiedade

Bartolomeu Patrício  »  janeiro 2021

Segundo OMS (Organização Mundial da Saúde), o Brasil é o pais com o maior número de habitantes que sofrem por ansiedade. São Paulo é considerada a capital mundial com o maior número de pessoas com Transtorno de Ansiedade. Em tempos de pandemia promovido pelo Covid -19 os processos de ansiedade foram completamente alterados junto à sociedade, trazendo maiores dores e angústias.

Sendo a ansiedade a mãe de todas as neuroses, é fonte de medos e inseguranças. Não andar ansioso em tempos de pandemia torna-se um grande desafio, isto porque temos ameaças reais e fantasiosas. O número intenso e contínuo de notícias que não conspiram para uma construção de uma vida consistente pela força de uma mente saudável, tem maltratado e adoecido a milhares de pessoas.

Nem sempre a ansiedade é negativa. Existe a ansiedade funcional, que impulsiona você a se preparar para agir diante de algo importante. É possível mantermos o equilíbrio psíquico e emocional em tempos de pandemia controlando assim a ansiedade. Vai aqui algumas dicas:

1 – Pratique atividades físicas;
2 – Reduza seu estresse diário;
3 – Evite pensamentos negativos;
4 – Mantenha o foco de atenção no presente;
5 – Seja mais organizado;
6 – Cuide bem do seu momento antes de dormir;
7 – Cuide de sua espiritualidade tendo uma fé saudável.

Não podemos deixar de alertar lembrando-os que no caminho de nossa existência, em certos momentos, precisaremos buscar ajuda de um profissional da área da psicologia. Isso implicar a quebra de preconceitos ou afirmações do tipo “psicólogo é para loucos”.  Não, definitivamente não. Somos humanos e, portanto, não hesite cuide de suas emoções.

Bartolomeu Patrício é psicólogo, terapêuta familiar e teólogo
Contato:
@prbartolomeu
pr35bartolomeu@bol.com.br
WhatsApp – (49) 98424-2341

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *