Os Ciclos da Vida

Uélia Dias  »   julho 2022

O Criador fez todas as coisas e afirma que enquanto durar a terra, não deixará de haver sementes lançadas e colheita, frio e calor, verão e inverno, dia e noite Gn 8.22. Cada estação do ano traz consigo a sua beleza, singularidade e características, Deus as criou com um propósito para que percebêssemos os ciclos da vida e da natureza como: o nascer das flores, o aquecimento, a perda das folhas e o frio intenso. Tudo o que Elohim faz é bom, Ele está acima do tempo, a bíblia relata a história inerrante, infalível, autêntica e verdadeira, o que nela está escrito e descrito é absolutamente verdade. Adonai não nos esconde nada e esteve presente em cada momento da história, nunca permaneceu preso ao espaço, tempo ou a visão limitada da realidade, sua visão sempre foi e é completa e sem a menor distorção. As escrituras evidenciam sua personalidade e caráter eterno, seu poder imensurável, seu amor infinito, sua glória incomparável que dá sentido à vida, alegra o coração e transmite propósito ao nosso caminhar Is 46.9-10. Minha pretensão ao fazer a analogia entre estações do ano e os ciclos de nossa vida, não é explicar sobre estações do ano e sim fazer uma análise reflexiva da maneira como o nosso bom Deus age na natureza e em nossas vidas, sendo que os ciclos das nossas vidas se diferem das estações em algumas questões. Analisando as estações e as circunstâncias adversas das nossas vidas, sabemos que as estações têm suas características específicas, no inverno os dias são mais curtos e as noites mais longas, há queda de temperatura, pouca luz, o tempo é nublado e frio, no verão os dias são longos, o calor é intenso e a seca é constante, assim também a nossa vida tem várias circunstâncias diferentes e algumas vezes não são bem definidas, nem sempre a primavera será flores. Jesus que conhece todas as coisas nos orienta a orarmos para que a nossa fuga não aconteça no inverno Mt 24.20, a natureza conhece sua estação e a sua linguagem, a vida humana também possui ciclos e algumas vezes eles machucam a alma, os dias são difíceis, os medos e as ansiedades nos inundam, as lutas são grandes e parecem não ter fim. Precisamos nos conhecer e notar os momentos que vivemos para que nos dias bons tenhamos uma vida de oração, comunhão e leitura da bíblia porque nos dias difíceis é de lá que colheremos o fruto daquilo que plantamos e tiraremos forças do relacionamento e intimidade criados com nosso Jesus para vencermos no dia ruim. A vida possui ciclos e é importante que não fujamos do seu processo porque nele somos aperfeiçoados e o nome do nosso Deus é glorificado, que possamos construir boas memórias e assim como o apóstolo Paulo ter bons amigos que nos acolham em dias nublados Rm 16.1-4, Elohim tem em suas mãos a solução de todo e qualquer problema humano, nada foge do controle do Todo-poderoso. Mesmo que as adversidades venham sobre nós é bom trazermos a memória que o nosso Deus vem sobre o seu povo como coluna de nuvem para nos guiar pelo caminho mesmo diante da seca constante e do calor intenso e como uma coluna de fogo para nos alumiar nos dias nublados e nos aquecer no frio intenso que prossigamos de dia e de noite na sua presença Êx 13.21-22, Sl 105.39. A Bíblia mostra-nos o Deus de glória cuja presença real preenche todo e qualquer vazio, partindo do princípio que cremos na palavra de Deus e no Deus da bíblia prossigamos a conhecê-lo intimamente, busquemos um relacionamento genuíno, íntegro, verdadeiro, puro e honesto com Jesus Cristo.

Independente da estação que você esteja vivendo agora, seja perseverante no Senhor, saiba que o nosso Deus é Todo-Poderoso, onisciente, onipresente e onipotente que se importa com você e com sua individualidade, mesmo que o céu pareça nublado Ele está no mesmo lugar cuidando de nós, somos a menina dos seus olhos, o Espírito Santo nos guia, aquece, protege e orienta em qualquer situação mesmo que não consigamos perceber e entender o seu cuidado de uma maneira íntima e completa, Jesus luta as nossas batalhas seja ela na área que for. O Espírito Santo intercede por nós com gemidos inexprimíveis e quando nos falta palavras Ele se expressa por nós e nos ajuda em nossas fraquezas Rm 8.26-27, portanto busquemos ao Senhor em todo tempo e permaneçamos firmes em nossa fé em Cristo Jesus.

2 respostas para “Os Ciclos da Vida”

  1. Junio Cezar Mendes disse:

    Verdadeiramente somos aperfeiçoados na adversidade do inverno da vida, contudo permanecendo firmes no Senhor e logo desponta o verão com todo seu brilho, luminosidade, calor e alegria. II Co. 4.8 Boa reflexão! Parabéns !Ju

  2. Junio Cezar Mendes disse:

    Verdadeiramente somos aperfeiçoados na adversidade do inverno da vida, contudo permanecendo firmes no Senhor, logo desponta o verão com todo seu brilho, luminosidade, calor e alegria. II Co. 4.8 Boa reflexão! Parabéns !

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.