Olhe para o Alto e seja melhor que você mesmo

Alessandro Monteiro  »   julho 2022

Terminei minha graduação achando que sabia muita coisa de Matemática e de vez em quando ainda acho isso. É uma definição falsa que dou a mim mesmo até perceber que sei apenas uma quantidade muito insignificante de tudo que foi criado por Deus. Em quase 15 anos ministrando talvez hoje eu seja melhor, mas apenas melhor que eu mesmo. 

A única certeza que tenho é que Deus criou a Matemática e ela testemunha a todo instante a Sua Grandiosidade e Seu Poder. E, mesmo não sabendo definir sempre as coisas à maneira do nosso Criador, devemos tentar fazer tudo com excelência. Uma dedicação que não deve ser apenas aos grandes sonhos e projetos. Devemos permanecer igual quando estiverem ou não olhando o que fazemos. Devemos dar o nosso máximo ainda que ninguém esteja afim de perceber o que fazemos. Deus percebe, e seus olhos estão em todo lugar, contemplando os maus e os bons (Pv 15.3). O que fizermos devemos fazer de todo coração como se estivéssemos servindo a Ele e não as pessoas (Cl 3.23).

Eu tentei investir o meu máximo como professor na Educação Básica com o mesmo empenho que investi no Ensino Superior. Com o mesmo empenho que investi na minha graduação e cada conteúdo quase sempre foi aprofundado como se fosse uma nova disciplina. O meu temor foi sempre de fazer algo que desagradasse ao Senhor. O Salmos 34.9 segue cravado na minha mente juntamente com centenas de alunos que Ele colocou no meu caminho.
Entre tantas coisas boas que gostaria de desejar, desejo a cada um dos meus alunos, que foram e são presentes de Deus para mim, duas coisas: A primeira, está em um trecho da música “Amor Para Recomeçar” do Frejat: “Eu desejo que você tenha a quem amar e quando estiver bem cansado ainda exista amor pra recomeçar. Desejo que você ganhe dinheiro, pois é preciso viver também. Mas que você diga a ele, pelo menos uma vez quem é mesmo o dono de quem”. 

Porque o amor ao dinheiro é a raiz de toda a espécie de males; e nessa cobiça alguns se desviaram da fé, e se traspassaram a si mesmos com muitas dores” (1 Tm 6.10). Se existe uma maneira de guardá-lo é investindo na vida das pessoas, e doar é a única forma de guardar. Por isso, eu lhes digo: “usem a riqueza deste mundo ímpio para ganhar amigos, de forma que, quando ela acabar, estes os recebam nas moradas eternas” (Lc 16.9). Deus nos abençoa para que possamos abençoar outras pessoas (Pr. Paulo Arruda). Nesse sentido, desejo que em algum momento você olhe para o Alto e seja melhor que você mesmo.

E a segunda, desejo que você possa compreender definitivamente que Deus é grandioso, que seu amor é infinito e, em algum momento, Ele deseja nos alcançar para sempre (Jo 3.16). Foi Ele que desenhou o símbolo do infinito quando fez a aliança com Abraão. E Jesus veio ao mundo para nos trazer a oportunidade de pertencer à eternidade. De cantar o Seu Amor para sempre. As pessoas e as coisas no mundo tendem, cada vez mais, a fugir da lógica que aprendemos, que entendemos e também que gostaríamos de viver. A mesma lógica que usamos na Matemática. Porém, mesmo que tudo esteja caminhando desta forma em uma velocidade cada vez maior, siga e crave a certeza de que Jesus Cristo é o único caminho, a verdade e a vida (Jo 14.6). E meu desejo e minha oração é que você possa recebê-lo em seu coração. Viva a eternidade! O infinito é puro e simples e tão real que podemos tocar. Somente neste sentido, posso desejar que você olhe para o Alto e seja melhor que você mesmo para sempre.  

Pai, sou a grato ao Senhor pela vida dos meus alunos. Obrigado por permitir que eu aprendesse junto com cada um deles um pouco da Matemática que o Senhor criou e que testemunha a todo instante a Sua Grandiosidade e Seu Poder.  Gratidão por me dar sempre além do que mereço. Gratidão por me usar mesmo não sabendo definir as coisas a Sua maneira. Obrigado por dizer que nada falta aos separados em Ti que Te temem. Obrigado por me amar. Me alegro infinitamente por Ti pertencer. O Teu amor me alcança e me faz louvar-te. Cantarei teu amor para sempre.


Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.