O mundo vive a última guerra mundial antes do arrebatamento

Carlos Moraes  »  abril 2021

“Na guerra, a verdade é a primeira vítima”.
Èsquilo (Aischylos z Athén) – 525 a.C. – 456 a.C.

 “Mentimos, trapaceamos e roubamos”.
Mike Pompeo, então Secretário de Estado de Trump EUA, 2019

“O Diabo… Quando profere mentira, fala do que lhe é próprio, porque é mentiroso, e pai da mentira”.
João 8.44

De Èsquilo a Mike Pompeu, contamos mais de 2.500 anos, mas nada mudou em relação ao comportamento do ser humano. De Gênesis três, até Apocalipse 21, o mundo será sempre o mesmo. Na Queda, o homem transferiu a Satanás a posição que Deus havia lhe dado e, por isso, na tentação de Cristo (Lc 4.6), ele teve a ousadia de esnobar dizendo que poderia dar a quem quisesse, a glória dos reinos deste mundo. Não deu certo com Cristo, porque Ele é o segundo Adão (1 Co 15.45), que veio, não para negociar, mas para resgatar o que se perdera na Queda, com o primeiro Adão. Mas Satanás, através dos séculos, vem negociando, com muitos, a glória dos reinos deste mundo conforme lhe convém, porque sabe que está derrotado, e que pouco tempo lhe resta (Ap 12.12). Ele exerce o seu poder através do engano e da mentira, matando, roubando e destruindo (Jo 10.10).

Do ponto de vista de muitos analistas da geopolítica, o mundo está em guerra. Pela minha ótica, a última guerra mundial antes do arrebatamento da Igreja.

Mike Pompeu

Durante uma entrevista coletiva da CNN em 2020, o ex-secretário de Estado dos EUA e ex-chefe da CIA, Mike Pompeu, disse com todas as letras:estamos em um exercício ao vivo aqui, referindo-se à pandemia do Covid 19 e deixando claro que o que estava ocorrendo era a execução de um plano.

Desde a virada do milênio tem havido evidências de que o plano de dominação mundial do Mistério da injustiça (2 Ts 2.7-12) entraria na fase de execução. Depois do 11 de setembro de 2001, tivemos muitos sinais, aparentemente despretensiosos, de que chegaríamos a um estado de guerra biológica ou bacteriológica com a finalidade de diminuir a população mundial (Jo 10.10).

Recentemente em um grupo de pastores do qual faço parte, dois colegas postaram matérias relembrando publicações desse gênero. Uma, de setembro de 2003 na Revista Terra, prevendo uma epidemia global, e outra, na Revista Mundo Estranho de julho de 2012, tratando de Epidemias. Há muitos documentos oficiais e insights sobre isso, aqui e ali, espalhados pela internet. Mas, a partir de 2010, depois que a Fundação Rockfeller revelou em seu jornal que havia planos secretos para lançar uma arma biológica contra os chineses, dizendo que a China iria pegar um resfriado, (gripezinha?), tudo andou mais depressa. Além disso, existe a Simulação do Event 201 de Bill Gates/Big Pharma/CDC, conhecida no mundo todo.

Em síntese, as evidências de uma guerra comercial, tendo de um lado os EUA e a Europa através da OTAN, e do outro lado a China com a Rússia, é inegável. Todas as demais nações, neste momento, são atores coadjuvantes ou figurantes, de acordo com seus papéis.

De fato, o que está claro para nós, é que essa pandemia está possibilitando, através das técnicas da engenharia social, que se estabeleça a agenda pré-estabelecida do que eles denominam de Nova Ordem Mundial, e a Bíblia de “Mistério da Injustiça”.

Esse debate que começa a nos incomodar sobre censura, vigilância, quarentena, lei marcial, fim das moedas, 5G, isolamento social, vacinação mundial em massa para o “novo normal”, são os passos finais para o governo do anticristo.

Como cristãos, o que precisamos entender é que não é função da Igreja de Cristo lutar contra isso. O diabo quer nos distrair com uma guerra que não é nossa, e da qual seremos livrados pelo arrebatamento. O crente que conhece as Escrituras, principalmente a parte que se relaciona com a escatologia, sabe que a missão da Igreja nunca mudou. Ela continua sendo a mesma descrita na grande comissão.

Dando eco ao que o Pai da Mentira faz, o Secretário de Estado de Donald Trump, Mike Pompeo foi claro ao afirmar em 2019: “mentimos, trapaceamos e roubamos”. A crise do Coronavírus faz parte do script, sendo um “exercício ao vivo” do que está planejado.

Se estamos em uma guerra mundial comercial, e, neste momento a arma principal é o Coronavírus, o que precisamos saber? Nada, pois nada temos a fazer além de pregar o Evangelho. Claro que é bom ficarmos atentos ao que está ocorrendo em meio a tantas mentiras, para não cairmos no engano. No caso do Covid-19, por exemplo, há quem acredite que ele tenha nascido falando mandarim, com sotaque inglês.

Para a imprensa ocidental, o Covid é o “vírus chinês”. Para a imprensa chinesa, ele é “de uma fonte estrangeira” e teria sido levado para a China durante os Jogos Mundiais Militares do CISM, quando 10.000 soldados de 109 países participaram, de18 a 27 de outubro de 2019, dos Jogos Militares realizados em Wuhan. De acordo com as simulações em outubro de 2019, feitas pelo Johns Hopkins Center for Health Security que organizou o Event 201, deverão morrer 65 milhões de pessoas durante a pandemia e os maiores lucros, ao final, serão de Wall Street e das indústrias farmacêuticas (Big Pharma) com aval do WEF e da Fundação Bill e Melinda Gates. Juntando a isso a fala de Mike Pompeu, em 2020 à CNN, estamos em um exercício ao vivo aqui, referindo-se à pandemia do Covid-19, temos o que pensar…. Maranata!

23 respostas para “O mundo vive a última guerra mundial antes do arrebatamento”

  1. Josué Amaral disse:

    Infelizmente muitos líderes cristãos estão apáticos a este assunto, mesmo sabendo que Deus tem nos avisado a muito tempo sobre sinais de sua vinda. Creio que nos resta um retorno às escrituras com mais sensibilidade.

  2. Sergio Costa disse:

    Excelente matéria. Não devemos desviar do foco que é pregar as boas novas. E devemos ficar atentos quanto as mentiras de satanás. Maranata.

  3. Pedro Ferreira disse:

    Preguemos o evangelho,
    Mata-mata ora vem Senhor Jesus.

  4. Pr Donald Leaf disse:

    Parabens, pelo artigo. Em vez de ficar brigando pelos nossos direitos, devemos estar procurando meios de pregar o evangelho e edificar os santos, mesmo sendo impedidos fazer do jeito que sempre temos feito.

  5. Francisco C Filgo disse:

    Pr Francisco Filho
    IBF-MANAÍRA em João Pessoa-PB

    Um artigo esclarecedor, lúcido e coerente. Realmente precisamos estarmos alertas para a nossa missão em pregar o evangelho de Cristo. O foco é total do pai mentira, que tenta seduzir o mundo com suas mentiras. Operação do erro agibdo no mundo.

  6. Pr. Joel Azer. disse:

    Vejo como um fos sinais que Jesus disse em Mt. 24 sobre sua segunda vinda. Maranata.

  7. Antonio Carlos disse:

    Meu pensamento é que fizeram uma colcha de retalhos pseudo escatológica. O mundo vive na mentira desde o Éden. A fala do secretário americano não aumenta nem diminui nada. Guerra comercial, existe desde os tempos das grandes navegações. Toda vez que algo grave acontece, o apocalíptico fica em alta. O Senhor sempre esteve as portas. Vamos parar de especular e pregar o Evangelho. Essas colagens envolvendo Bill Gates, Steve Jobs, os Iluminati, vacina com chip etc. são bons roteiros de ficção.

    • Carlos Moraes disse:

      Respondendo ao Antônio Carlos, é necessário dizer que o texto não é de cunho teológico ou escatológico acadêmico. Sobre o mundo estar vivendo sob o signo da mentira desde o Éden, citamos no texto e não tivemos a intenção de fulanizar uma mentira em especial, mas apenas contextualizar o momento que o mundo vive. Sim, as guerras comerciais sempre existiram e, de fato, devido à ganância humana, são as causas primárias de todas as guerras. Mas não há como negar que o controle total feito pelo anticristo na tribulação, após o arrebatamento, terá na economia, papel preponderante (Ap 13), e o terreno tem que estar preparado para que tal aconteça no princípio das dores. Quanto à citação de figuras mundialmente conhecidas, é impossível deixa-las de lado enquanto observamos a montagem do cenário mundial. Pessoas fazem parte dos contextos em todas as épocas.

  8. FRANCISCO COSMO DA NETO disse:

    Devemos ter consciência, mesmo que tudo isso esteja acontecendo, é apenas a preparação do palco para a chegada do Anticristo. Assim que a Igreja for arrebatada (1 Ts 4.13-17), o filho da perdição, o homem da iniquidade se manifestará. Acredito que , as coisas que tem acontecido e acontecerá mundialmente, mostra que, a volta de Cristo está muito próxima.

  9. Jamir Sbrana disse:

    O artigo é bem lúcido e biblicamente correto, comparando as Escrituras com as Escrituras. A escatologia pré tribulacionista e pré milenista ensina que o arrebatamento, através da vinda de Jesus, será iminente, ou seja, não precisará de sinais para se cumprir. Ela pode ocorrer a qualquer momento. Ao mesmo tempo como mostra o livro de Atos, Satanás se utiliza de três ferramentas contra a igreja: perseguição, corrupção interna e distração. Creio, portanto, que estamos vendo a ferramenta da distração sendo utilizada contra a igreja para que esta não cumpra a sua missão: fazer discípulos.

  10. Belo artigo. A palavra do momento é o NOVO. Um novo mundo e um novo normal. Bem mais silencioso que o vírus é o que o Pai da mentira vem trabalhando por meio e através disso. O NOVO pensamento já é um engano. Assolador é o grito em nossos ouvidos enquanto fixamos os olhos no que conseguimos ver, pois para combatê-lo é preciso muito além de uma vacina. A igreja on-line (NOVA) é “linda”. O NOVO curso de graduação e pós totalmente on-line com diploma “equivalente ao de um presencial” e ainda no valor de 50 reais é “maravilhoso”. O NOVA família é “boa”. O NOVO casamento com comunicação on-line dentro de casa e criação dos filhos virtualmente é “prático e agradável”. De tudo, não deve existir NOVO modelo de cristão, NOVA maneira de escrever, servir, pregar…Estejamos atento a continuar unicamente baseados na “Velha” e eterna bíblia. São as cartas antigas que tem cheiro, marcas de lágrimas, amor marcados em uma letra única e verdadeira. Deus nos abençoe.

  11. Maria Aparecida Duarte Da Silva disse:

    Verdade! Parabéns! Muitos estavam esperando outro tipo de guerra , mas na verdade como Igreja devemos pregar o evangelho e não dar ouvidos á diretos , e o dever do estado em relação a cuidados do povo brasileiro ; o mundo já está passando por essa guerra biológica e o nosso dever como cristãos é pregar o evangelho, orar e vigiar .Como está escrito na Palavra de Deus.

  12. Hugo Lopes disse:

    Vivemos realmente na iminência da volta de Cristo para arrebatar a sua igreja. Não aguardamos o Anticristo, e sim o nosso Salvador ressurreto entre as nuvens do céu para nos buscar. Maranatana!

  13. Jônatas Pontes disse:

    Qualquer coisa que pensemos é mera especulação.
    Os da “Irmandade”, segundo Daniel Mastral (ex-satanista), estão tentando acelerar o Apocalipse, tendo na manga mais duas pandemias programadas, porém, se não for da vontade do Senhor, esses planos serão frustados.
    Quem sabe a hora é Deus. Vigiar e orar é o que nos cabe.

  14. Alessandro disse:

    A matéria em questão, apresenta um cenário que ao longo dos anos vem sendo consolidado para permitir que os acontecimentos finais citados na palavra possam se tornar realidade. Diante dessa, o que mais me assusta é a falta de percepção com relação a responsabilodade que a igreja deveria ter perante a sociedade, se comportando de forma distraída enquantos milhares se perdem na eternidade. Acredito que diante desses acontecimentos, deveríamos como igreja nos preperarmos para continuarmos representando o reino de forma, santa e agradável ao Senhor.

  15. Francisco de Assis Maciel Filho disse:

    Deus esta no controle de tudo, neste momento só podemos orar e pedir as misericórdias do Senhor que é o fato de nós não sermos consumidos.

  16. Jorge disse:

    Glória ao Senhor Jesus pelo cumprimento da Palavra, que não passará.

  17. Pr Rafael Vieira disse:

    O Senhor tem permitido alguns de seus filhos passarem por esta pandemia, porém ainda vejo que a igreja não acordou para as portas abertas de pregação da Palavra, mesmo existindo um quebrantamento com a doença. Alguns ministérios podem ser mais explorados pela igreja. Com a crise econômica, a doação de itens básicos acompanhados de um evangelismo abrirá portas para iniciar um estudo bíblico. Já que muitos irmãos não podem deslocar se, fazer ligações telefônicas ou videochamadas será a chance de evangelismo e o ministério da consolação aos crentes. Também e por último, um ministério antigo porém esquecido: visita aos hospitais. O hospital hoje é o campo missionário em potencial. Tanto pacientes, familiares e equipe precisam ouvir as Palavras de esperança. Quem irá orar? Quem irá aceitar estes desafios? À começar em mim Senhor, quebra corações! Que o Senhor nos use para a Sua glória!

  18. amilcar disse:

    É interessante este artigo envolvendo o governo Donald Trump e outros americanos mais quem lucrou e está lucrando com está pandemia é a China, então devemos crer que toda está armação dos EUA foi um tiro no pé, e o presidente Donald Trump foi o único no mundo a pedir esclarecimentos da China, amados a gente vê falar em teorias da conspiração o tempo todo, e sabemos que muitas tem coerência, agora sinceramente fazer um artigo cabeludo destes só para dizer que precisamos pregar o evangelho eu acho de última, amados o mundo jas no maligno e política se faz com mentiras isto não é novidade para ninguém, agora acho que como cristãos nos devemos evitar matérias com meias verdades que não contribui em nada, com a nossa indentidade, sem trazer luz aos fatos. Meus amados quer pregar o evangelho pregue está é sua obrigação, sua meta seu objetivo, foi para isto que você recebeu Cristo como seu salvador, quer falar de política fale não é pecado mais fale do que você tem certeza e evite o contraditório, o que é incerto. E seja feliz porque mais cedo ou mais tarde o arrebatamento vem e vai ser maravilhoso. Maranata

    • Carlos Alberto Moraes disse:

      Respondendo ao comentário do Amílcar, quero apenas chamar a atenção para o fato que, embora o texto aponte para o embate comercial entre as potências citadas, o alvo não é saber quem ganha e quem perde, pois isto é secundário. O escopo do texto é apontar para o fato que, antes do arrebatamento, veremos as peças sendo colocadas no tabuleiro da geopolítica, para o estabelecimento do que o mundo chama de “Nova Ordem Mundial”, a Bíblia nomeia como “Mistério da Injustiça”. No caso do embate comercial desta última guerra mundial antes do arrebatamento, e o fato que caminhamos rapidamente para uma nova forma de ver a moeda, nos leva para a facilitação do que será implantado na descrição de Apocalipse 13: o controle total que não será dos EUA e nem da China, pois todas as nações estarão dominadas e nas mesmas condições.

  19. Hudson Santos Batista disse:

    Olha tem que estar com a imaginação bem fértil para conseguir enxergar esta versão da teoria da conspiração . O vírus chinês não foi produzido na China minha sugestão de título. Não tenho está inspiração toda não . Vou continuar pregando o evangelho sem me preocupar com este enredo terrivelmente assustador. Deus me livre

  20. Ilza Medeiros disse:

    Boas colocações. Falo como ovelha, precisamos de direcionamento de nossos líderes de como podemos, como igreja, continuar na batalha pela pregação do evangelho.
    Bem sei que, como pessoas estamos abalados pela dor da perda de amigos, irmãos e parentes. E precisamos, como igreja uns apoiar os outros.
    Precisamos de direcionamento pra ação nesse momento histórico que estamos vivendo. Cristo logo vem nos buscar.
    Se nos é imposto restrições, isso não pode parar a divulgação do evangelho.
    O crente em Cristo precisa ter clareza de que está nesse mundo, vive nele, mas não pertence a ele porque o mundo está morto no maligno.
    Se tivermos a visão de Paulo, do crente com um soldado de Cristo, estaremos testificando com nosso proceder e nossa voz. Precisamos de união e articulação pra ação da divulgação do evangelho da salvação, pela igreja local. Ovelha segue pastor.

  21. José Carlos disse:

    Pastor, parabéns pela matéria, que descreve de forma clara, algumas ações arbitrárias que estão guiando o mundo. Os sistemas do mundo estão sendo aparelhados por princípios socialistas que estão dentro de uma agenda global. A verdade relativa é o lastro de todos os campos, tais como: universitário, jornalístico, político, econômico, etc., ela está destruindo a humanidade. Estamos em um mundo barulhento, o diálogo está se transformando em ditadura, e, por conseguinte, o ódio se apresenta com muita força, porque o mundo está sendo preparado para o anticristo. Eu te parabenizo pela matéria, porque é um assunto delicado, complexo e de várias leituras. Podemos ver aqui no corpo de comentários, posições agressivas sobre exposição do tema, então eu digo que és corajoso. Continue combatendo um bom combate. Alerte o povo de Deus sobre as estratégias de Satanás. Continue promovendo a união do povo de Deus. Devemos olhar, vigiar e orar, como Jesus nos ensinou em Marcos 13:33. Que Deus Pai te abençoe em nome de Jesus Cristo, no Poder do Espírito Santo. Amém!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *