O frio que vem de dentro

Radar Geral  »   julho 2021

Pr. Bartolomeu Patrício

Tá gelado! Estamos em pleno inverno, e todo este frio, sabemos, faz parte da estação mais fria do ano. Mas o frio pode matar quando causa a hipotermia que é caracterizada pela temperatura corporal inferior a 35ºC. Isso acontece quando o corpo perde mais calor do que pode gerar. Sua causa pode ser a permanência prolongada em ambientes muito frios. Por isso, ficar bem agasalhado em baixas temperaturas é de fundamental importância.

Contudo, há um frio que mata muito mais, que não precisa de estação própria, é o frio que vem de dentro. Ele faz doer intensamente. O frio que vem de dentro é a manifestação de consciências geladas pela arrogância, que despreza – “Arrogância é o orgulho desviado” diz o Educador Mário Sérgio Cortella. Gente com essa postura, lamentavelmente, construiu uma visão desumanizada do outro, passando a vê-lo como parque de diversão, subproduto dos seus interesses. Cumpre a máxima: ama-se coisas, e usa-se pessoas. Neste contexto, o seu semelhante passa a ser objeto de descarte, se o mesmo deixa de servi-lo e satisfazê-lo.

Jesus Cristo já tinha nos advertido quanto a esta realidade: “Devido ao aumento da maldade, o amor de muitos esfriará” (Mateus 24.12). Maldade é tradução da palavra iniquidade que significa o desregramento da conduta, isto é, o espírito de rebeldia. Minha oração é que você que está na rota de baixas temperaturas, possa andar bem agasalhado. Aqueça seu coração.  Até porque também foi Jesus Cristo que disse:
Ame o Senhor, o seu Deus de todo o seu coração, de toda a sua alma, de todas as suas forças e de todo o seu entendimento’ e ‘Ame o seu próximo como a si mesmo” (Lucas 10.27).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *