Mudanças

José Nogueira  »  março 2021

A mudança é difícil no começo, confusa no meio, mas é linda no final!

Bem sabemos que todo processo de mudança é incômodo, cansativo e doloroso.

Contudo, sabemos também que nada é mais prejudicial, tedioso e doloroso do que permanecer sempre como antes, estagnado, inerte, com as mesmas reclamações, os mesmos sem-nada-a-fazer, as mesmices medíocres, e sem nada de aventuras, de desafios e de esperança no senhor!

Vejamos a lagarta que ao nascer se sente tão feia e inadequada, porém, ao enfrentar seu processo necessário da mudança, ela se transforma naquilo que nasceu para ser: uma linda borboleta que vai voar, levar alegria, luz e cor para tantas pessoas!

Há metamorfoses que são imprescindíveis em nossa vida – se quisermos de verdade cumprir o plano de Deus para as nossas vidas (leia depois Efésios 2.8-10).

Graças a Deus pelo feio casulo onde o milagre acontece;

Pelo árido deserto necessário que nos desafia e nos fortalece;

Pelas noites escuras, mas que são enfrentadas, e que, em breve, vão ver o novo amanhecer;

Pela dor de abrir mão do medo que te paralisa, te engessa, que quer te destruir, para que, enfim, você possa receber de Deus o que graciosamente foi destinado para que você seja, tenha e realize!

Eu não sei em qual área da sua vida você está enfrentando a dor de uma mudança.

Mas não tenha medo, não esmoreça e não pense que não irá conseguir…

Toda mudança é difícil no começo, porque envolve renúncia, dor e medo.

No meio ela parece confusa, porque exige Fé, Esperança e Tempo.

Mas no final ela é LINDA porque te transforma na sua melhor versão e traz para você o que desde o início Deus planejou para a sua vida.

Como alguém já disse: “Quando a dor da mudança for menor que a dor de permanecer o mesmo, VOCÊ MUDA!”

Tenho uma frase num adesivo colado em meu gabinete que diz:

SEJA SEMPRE VOCÊ MESMO, MAS NÃO SEJA SEMPRE O MESMO!

Ou seja, tenha e conserve sempre e firmemente seus valores e seus princípios, mas esteja aberto para o novo proceder, para criar novas maneiras de agir, para ter ideias criativas, para novos desafios, e para mudanças daquilo que em você não for bom, que não lhe tem sido útil, e que não for realmente para a glória de Deus em sua vida, na vida de sua família, em sua igreja e no Reino de Deus!

Você não nasceu para rastejar perpetuamente, você nasceu para voar nas asas de um Deus que tem sempre o melhor para a sua vida!

Pense nisso!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *