Missionários servindo missionários e igrejas

Redação JA  »  março 2021

Em nosso meio batista conservador, com igrejas batistas independentes, regulares e bíblicas, temos várias missões atuando: AMI, AIMI, MMM, MBBF, MBIB, CBBN, MIBRE, MIBRAFÉ, Paulo de Tarso, MBAM, Rocha Eterna, MAB, MIBRA, MIBRAC, entre outras. Algumas destas missões não atuam diretamente na plantação de igrejas, como é o caso da MBAM, Rocha Eterna e AIMI, mas servem através de ministérios evangelísticos e de apoio.

Há, ainda, alguns casos de ministérios que estão vinculados apenas à igreja local, sem qualquer filiação a uma agência missionária. Conheço alguns ministérios de fazedores de tendas, trabalho de capelania, de capacitação e de evangelização, entre outras atividades importantes. Um destes casos de ministérios vinculados apenas à igreja enviadora, é o Projeto Missionário Multicultural Itinerante, executado pelo casal Antonio Teles Neto e Jamillena de Andrade Nery Teles, membros da Igreja Batista Regular em Curió, no bairro Lagoa Redonda, Fortaleza CE, liderada pelo Pr. Iranleide Delfino, conhecido mais como Pastor “Doka”.

O trabalho desenvolvido pelo casal que reside em Fortaleza, mas, passa grande parte do tempo em um “motor home”, leva apoio a diversas partes do Brasil e até a outros países, nas áreas de treinamentos e ensinos no uso de tecnologias (Projeto Quer Saber)

Antonio Teles trabalhou durante 35 anos como professor entre duas das três universidades estaduais do Ceará. Ministrou aulas de geociências em várias disciplinas nos cursos de geografia e biologia, entre outras disciplinas, como, geomorfologia, geologia, climatologia, cartografia, foto-interpretação. O sonho de se dedicar a missões só pode ser colocado em prática depois da aposentadoria, aos 57 anos.

Sua esposa, Jamillena, trabalhou como missionária voluntária da APEC durante 11 anos, e, nesse tempo participou de projetos em Moçambique e Guiné Bissau, além do trabalho de treinamento de professores de crianças no Brasil. Foi missionária da missão Ministérios Multicultural Maranata.

Em 2013, depois de se formar em pedagogia, Jamillena fez o curso na missão ALEM, na área de educação intercultural e foi trabalhar em Guiné Bissau em parceria com as missões ALEM e Maranata. Trabalhou com alfabetização na língua do povo usando as Escrituras.

O casamento de Antonio e Jamillena se deu em 2016 e, logo em seguida, começaram esse novo ministério e continuam apoiando, também, o trabalho em Guiné Bissau.

O sustento do casal vem da aposentadoria do Antonio, e de ofertas que recebem para serem investidas na compra de materiais didáticos e equipamentos usados em aulas, cursos, treinamentos, além de apoiar, quando possível, irmãos e outros projetos missionários.

O casal Antonio Teles e Jamillena, sem dúvida preenchem um espaço muito importante na obra missionária e devem ser alvos de apoio e intercessão, pois se constituem em uma parceria fundamental para missionários e igrejas, tanto na capacitação de pessoas, quanto na revitalização de igrejas e ministérios.

A pequena casa sobre rodas (motor home) serve de meio de transporte e residência, do casal, na maioria do tempo.

Uma resposta para “Missionários servindo missionários e igrejas”

  1. Jair Barbosa disse:

    Deus continue da dando graça, sabedoria e provisão para esse casal abençoador, tivemos o grande privilégio de conhecê-los e desfrutar da companhia deles aqui na Guiné Bissau e em Fortaleza.
    Força e coragem meus amigos. Deus é com vocês.
    Abraços.
    Jair &Deny – Guiné Bisssau.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *