Indeterminado

Alessandro Monteiro  »   janeiro 2021

As sete expressões que estão inseridas na imagem são indeterminações da Matemática pois qualquer uma delas pode assumir infinitos valores.

Na vida, perdoar também é. Em Mateus 18.22 Jesus nos pede para resolver um dos cálculos mais difíceis de todos os tempos. Quantas vezes devemos perdoar?

Perdoe até o dia em que perceber que o veneno que tomaste não traga mais nenhum sentimento de angústia ou injustiça na sua vida.

As pessoas vão nos magoar seja por inveja, por ganância ou simplesmente porque sentem prazer em perseguir e causar a maldade aos outros. Faça como Pedro, peça perdão até reconhecer verdadeiramente Jesus Cristo como o filho do Deus vivo e perdoe sempre. Perdoe até que 70 X 7 deixe de ser um número e passe a ser um milagre para você.

Somos PhD. em encontrar falhas no nosso próximo. Mas, parece que nunca saímos da Matemática Básica do perdão.

Em meio as conjecturas mais belas e intuitivamente verdadeiras, eis o cálculo mais difícil e que nunca será provado pelo homem. Mas que foi elaborada e provada por aquele que ressuscitou: Jesus Cristo.

Todos precisamos 70 X 7 vezes, todos os dias, do resultado que foi cravado por Jesus Cristo na cruz.

Deus usou a si mesmo uma única e eterna vez para ser Jesus para nós e 70 X 7 vezes precisamos ser Jesus para outros.

Se temos Jesus então porque não conseguimos ser Jesus para outros?

Estas sete indeterminações se não forem praticadas com o tempo quase não são lembradas. Os cálculos registrados na palavra de Deus precisam ser repetidos diariamente. Depois da Salvação, dentro do conjunto das vontades de Deus, nada mais deveria ser impossível ou indeterminado para nós. Senão as coisas que fazem parte de Deuteronômio 29.29.

Quantas vezes devemos ser Jesus para outros? Quão longe Deus pode nos levar através da Fé? Quanto tempo devemos esperar para investir tudo que temos e somos nas coisas eternas? Quanto precisamos ganhar mensalmente para vivermos uma vida satisfeita dentro daquilo que Deus sonhou para nós?

O tempo é relativo e indeterminado. Mas, Jesus Cristo voltará!

A vida nos traz injustiça, angústia, perdas e profundos sentimentos de que o sacrifício não valeu a pena. Mas existe um sacrifício único, pleno e que hoje mais uma vez bate à sua porta. Que em Jesus Cristo, aquele que vive e reina eternamente, possamos encontrar cada valor indeterminado desta vida e que já foram resolvidos para nós na cruz.

Setenta vezes sete é um número indeterminado que Deus já resolveu para você.

Uma resposta para “Indeterminado”

  1. Maria Eloina Arruda disse:

    Muito importante não colocar nenhuma condicional para se perdoar.,mas simplesmente perdoar.
    Deus nos capacite.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *