Estilo de vida – Gratidão!

Edgar Donato  »   janeiro 2021

A gratidão é uma virtude presente em muitas palestras motivacionais. Não é uma atitude defendida somente pelo cristianismo. Há vários coachs, em qualquer site dizendo 7 razões para você ser grato, 10 motivos para você agradecer. Seja grato e você atrairá coisas boas! O universo vai ser favorável a quem pensa positivo! Fique de bem com a vida e a vida vai lhe retribuir! Quanto mais você vibrar, mais receberá de volta!

O problema dessa lógica é que se a pessoa não conseguir o que ela quer, se sentirá culpada, porque não foi grata suficiente, ou não teve fé suficiente, não se esforçou suficiente… Resultado, mais esforço, ou frustração, ou negação através de pensamento positivo.

O cristianismo também nos ensina a sermos gratos! É algo que vai além de dizer muito obrigado, de praticar a bondade, de ser agradável, até porque ser grato é questão de educação!

A cultura em nossa volta não nos ensina a lidar com perdas. Ao sofrermos ficamos furiosos, revoltados, alguns dizem “não aceito”, abandonam tudo, se deprimem, jovens com alguma desilusão amorosa, buscam alívio nas drogas, nas bebidas, alguns se suicidam…

“Deem graças a Deus, não importa o que aconteça. É como Deus quer que vocês, que pertencem a Cristo Jesus, vivam neste mundo. ”  Bíblia – A Mensagem I Ts 5.16-18

“Gratidão a Deus é o reconhecimento de que dependemos totalmente dele; que tudo quantos somos e temos vem de Deus. ”  Jerry Bridges

Só agradecemos, quando estamos satisfeitos. Geralmente a insatisfação nos leva a reclamar do que somos e do que temos. A ingratidão leva as pessoas a cobiça, inveja e fazer de tudo para conseguirem o que querem.

Há uma diferença em dar graças em tudo e graças por tudo. Eu fico triste quando ouço de um abuso infantil, ou um querido teve o cartão roubado, ou o prefeito retirou o direito gratuito do transporte dos idosos acima de 60 anos. “Em tudo”, porque cremos em Rm 8.28, (todas as coisas cooperam) e não fazer isso é desobediência. No final, o que acontece será para sermos parecidos com Jesus Cristo. Apesar do que acontece, Deus é Justo e fará justiça. Não dou graças por tudo, pois seria hipocrisia, mas apesar dos pesares, confio na condução, amor e soberania do Senhor.

Não sei porque o meu carro roubado coopera para o meu bem, mas no final, tenho motivos para dar glória pra ele.

Há pessoas achando que Deus lhes deve algo, se acham no direito de uma retribuição, porque comparecem aos cultos, cantam, contribuem e dizem: “Estou fazendo a minha parte”. Isso não tem a ver com amor a Deus, mas moeda de troca… Se os meus planos dão certo, eu sou bom, se dão errado, Deus é o culpado.  Tal atitude não é de amor, mas de interesse.

Desenvolvemos uma mentalidade de relacionamento cliente – fornecedor, Deus tá em dívida comigo. Esquecemos da obra de Cristo a nosso favor. Deus nos chamou para vivermos em estado de gratidão. O apóstolo Paulo, disse “eu sou devedor”. Sou eu quem deve.

O mundo deveria olhar para o cristão e perceber um estilo de vida continuamente agradecido, um estado de Graça. Por que o cristão reparte, ajuda, socorre, trata bem, ama, perdoa, dá dinheiro?

Eu faço isso porque sou grato a Deus. Eu sou pecador, ruim, tenho pensamentos horríveis, fofoqueiro, invejoso, vaidoso… Cristo morreu por mim na cruz, seu amor me alcançou. Ele habita em mim. Cada dia que levanto agradeço! Tem dia que não tenho nada, mesmo assim, a alegria do Senhor é a minha força.

Por que gratidão?

Ele nos deu o maior tesouro: Jesus é a prova que Deus me ama, sabe o que é melhor pra mim. Enviou seu filho para sofrer numa cruz em meu lugar. Pagou a minha ingratidão, reclamação, cobiça, inveja, vaidade, pensamentos que me envergonham… para quem não teve encontro com Jesus, essa realidade não faz sentido.

O único mediador das bênçãos que nos alcançam é Jesus. Em seu nome erguemos nossa voz para agradecer. Damos graças pelo que Ele tem feito em nós, por nós e através de nós.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *