Dicas de leitura

Radar Geral  »   abril 2022

Podemos confiar na Bíblia?
Roger Liebi
chamada.com.br

A Bíblia é a palavra de Deus que merece nossa confiança irrestrita em todas as suas afirmações? Ou esse livro é uma obra totalmente humana que tem origem na Antiguidade e que pode até ser interessante para leitura, mas que de modo algum consegue ser determinante e coerente para o nosso viver, pensar e agir?

Se a Bíblia é a revelação inerrante de Deus para o homem, então nunca se conseguirá dar a ela o devido valor. Temos nela, então, as respostas definitivas que podem dar ao homem a paz total na sua busca por clareza em relação às suas perguntas fundamentais sobre sua existência. Com toda a determinação, podemos então, por exemplo, saber quem é o homem, de onde ele vem e para onde ele vai.

Do mesmo modo, seria possível perceber quem é Deus, o que ele quer e quais são os seus parâmetros; como ele age e como podemos ter comunhão com ele. Também teríamos claras diretrizes éticas para todas as áreas da vida humana. No entanto, se Bíblia for apenas um livro humano contendo erros, então estaríamos irremediavelmente entregues às incontáveis e insatisfatórias especulações, conjecturas e opiniões das pessoas. Podemos observar: esse objeto à nossa frente trata de fatos decisivos que são importantes para cada pessoa.

Vale a pena, com toda a calma, nos ocuparmos com essas questões levantadas. A seguir pretendemos demonstrar dados e fatos importantes, os quais – tenho grande esperança – possam ser uma ajuda, não somente para cristãos inseguros, mas também para críticos e céticos, a fim de que tenham um encaminhamento proveitoso ao Livro dos livros.


Homens mais parecidos com Jesus
David Merkh
hagnos.com.br

Os homens vivem buscando modelos de masculinidade para seguir.

No entanto, acompanhar o padrão errado pode trazer consequências desastrosas e eternas para toda uma vida. Pensando nisso, o autor best-seller, David Merkh, apresenta nesta importante obra o modelo supremo de todo homem: JESUS.

Aqui, o desafio é não apenas agir como o Filho de Deus agiu ou agiria. É preciso ultrapassar a barreira da conduta e adquirir o caráter de Jesus e tê-lo impresso em sua própria vida diária, com reflexos visíveis a todos, até nas pequenas decisões sobre família, amigos, filhos, igreja e trabalho.

Se você quiser ser um homem segundo o coração de Deus, um líder de valor, estratégico, amoroso e que sabe servir à sociedade, tendo como principal legado o próprio exemplo, lembre-se destas duas verdades: masculinidade não é “machismo” e homens de verdade se parecem com o Filho de Deus.


Do caos ao cosmo: da criação à nova criação
Série Teologia bíblica
Sidney Greidanus
vidanova.com.br

“Eu formo a luz e crio as trevas; eu faço bem-estar e crio calamidade; eu sou o Senhor, que faço todas essas coisas”. Isaías 45:7

Quando Deus criou o mundo, ele trouxe ordem perfeita do que era “sem forma e vazio”. Mas com a rebelião humana contra Deus levando à maldição de Deus, a desordem foi introduzida na criação – desordem que ainda vemos ao nosso redor hoje. Traçando o tema do caos ao cosmo de Gênesis 1 a Apocalipse 22, o pastor e acadêmico Sidney Greidanus revela como Deus está restaurando sua criação através de Jesus Cristo, que já começou a iluminar as trevas e um dia retornará para trazer paz, ordem, e restauração de uma vez por todas.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.