Compaixão com paixão

Paulo Arruda  »   abril 2021

“Vendo ele as multidões, compadeceu-se delas, porque estavam aflitas e exaustas como ovelhas que não têm pastor”. (Mateus 9:36)

O texto acima nos diz que Jesus, vendo as multidões, compadeceu-se delas. Isso não deveria ser o óbvio para todos nós fazermos também?

Creio que um dos motivos de ainda estarmos aqui nessa terra seja, obviamente, para cumprir a missão que Ele tem dado a cada um de nós.

Da minha parte, creio que essa missão não seja só de ver, de constatar, mas também de compadecer-se dessas pessoas que estamos vendo em meio às suas necessidades, e ainda mais agora em razão do Covid-19.

Foi assim que no mês de abril de 2020, após termos encerrado as atividades presenciais no ITV, que me vi diante de um dilema: E agora, como vamos fazer para proporcionar a alimentação para as nossas 156 crianças desse ano? A preocupação girava em torno de que as nossas crianças, todas oriundas de famílias extremamente necessitadas, recebem diariamente no ITV, o café da manhã, almoço e lanche. Portanto, como ficaria a situação delas sem essa alimentação tão essencial?

Deus é o Senhor e Ele conhece os nossos corações e ouve as nossas orações. E foi assim que aconteceu naquele momento: Estávamos em casa, Eloina e eu, preocupados e orando sobre essa situação. Colocamos diante do SENHOR e, de repente recebo um telefonema, já quase no final do dia, de uma pessoa que se dizia representante de uma instituição. Fez uma longa entrevista acerca das atividades desenvolvidas pelo ITV e nos perguntou como seria a nossa atuação perante a comunidade diante da pandemia do Covid 19, ao que lhe coloquei a nossa maior preocupação relacionada a alimentação.

Sei que o Senhor Jesus viu a nossa preocupação e o nosso sentimento de compaixão por aquelas pessoas, independentemente da situação espiritual de cada um deles; pois quando se compadecia Ele não olhava para isso, mas sim para a necessidade específica do ser humano. E assim sendo, Ele não só ouviu, mas também respondeu a nossa oração, que não era por nós próprios, mas pelos outros.

Dias depois, recebemos a confirmação de que o ITV havia sido uma das 15 instituições selecionadas, dentre cerca de 300 em todo o Brasil, para atendermos a comunidade, durante um período de 3 meses, com cestas básicas; produtos de higiene e limpeza; e, cargas de gás.

De um total de 89 famílias cadastradas, famílias das nossas 156 crianças, nosso cadastro foi para 265 famílias da Comunidade do Buracão, que estão sendo beneficiadas.

Realizamos as entregas nos meses de abril, maio e junho, os três meses propostos pela instituição doadora. Porém, o Senhor fez com que o recurso quase se multiplicasse e assim, ainda continuamos atendendo a comunidade durante os meses de julho e agosto, ou seja, em vez de 3 meses, foram 5.

Nos meses seguintes, setembro, outubro e novembro, o nosso cadastro subiu para 280 famílias e o Senhor nos abençoou de tal sorte que continuamos a abençoar a comunidade com cestas básicas.

Chegado o ano de 2021, a situação da pandemia se agravou, aumentando o número de pessoas necessitadas. No mês de janeiro recebemos algumas ofertas que nos proporcionaram a aquisição de 280 cestas; já no mês de fevereiro o nosso cadastro subiu para 300 famílias, para as quais abençoamos no mês de fevereiro e agora já temos também a mesma quantidade para ser entregue no final de março e queremos continuar a fazê-lo.

E assim, temos compartilhado com aquela comunidade não somente essas coisas, mas principalmente a Palavra de fé, de esperança e de amor, do amor de um Deus que não está alheio às necessidades, mas que se compadece dos aflitos.

Dentro de cada cesta básica temos colocado uma mensagem escrita que fala da necessidade não só do pão que perece, mas também da necessidade da alma ter um encontro com Jesus, o autor e consumador da nossa fé.

É dessa forma que temos agido, com paixão, e com compaixão, e sido testemunhas vivas do agir de Deus, não por nossos méritos, mas porque, como disse o Apóstolo Paulo: “Ora, àquele que é poderoso para fazer infinitamente mais do que tudo quanto pedimos ou pensamos, conforme o seu poder que opera em nós, a ele seja a glória, na igreja e em Cristo Jesus, por todas as gerações, para todo o sempre. Amém” (Efésios 3:20,21).

Caso você queira saber mais e participar do trabalho que é desenvolvido no Instituto Transformando Vidas – ITV, entre em contato conosco:
(92) 98136-0011 WhatsApp

2 respostas para “Compaixão com paixão”

  1. Dana McCutchen disse:

    Bom dia Pr Paulo e Irmã Eloina. Que benção ler a sua história!

  2. Pr. Infante disse:

    Uma benção, meu caro colega! Muito abençoado com o seu testemunho!
    DEUS É FIEL.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *