Breves e boas

Redação JA  »  abril 2021

Boris Johnson

Boris Johnson

Inglaterra

No final de março deste 2021, o Primeiro-ministro britânico, Boris Johnson agradeceu as igrejas durante a pandemia, elogiando os seus membros pela cooperação com as comunidades durante a pandemia. “Quero dizer um grande obrigado, porque ao longo do ano passado eu vi repetidamente os ensinamentos de Jesus Cristo trazidos à vida por pessoas como vocês: homens e mulheres, jovens e velhos, em todo o Reino Unido”, disse ele.

Johnson também agradeceu com a cooperação dos cristãos quando as igrejas foram fechadas em 2020, que foram por muitos meses e afirmou que sabe o quão difícil foi para os cristãos se adaptarem sem se reunir. “Já perdi a conta do número de líderes da Igreja e congregações de todas as denominações, que se esforçaram para apoiar não apenas uns aos outros, mas também toda a comunidade local, pessoas de todas as religiões e nenhuma”, encerrou.

https://www.christiantoday.com

Fé, caridade e ciência

Muitas notícias estão circulando nas redes sociais oriundas de várias partes do Brasil mostrando crentes de várias igrejas e profissionais de saúde orando pelos enfermos nos hospitais. Desde o aumento da pandemia no Brasil, com os hospitais praticamente sem vagas, com pessoas morrendo nas filas de espera, parece que a fé tem sido grande aliada da ciência. Demonstrações de fé tornaram-se frequentes em meio ao combate à pandemia, incluindo orações e jejuns em favor do país, além de ações sociais promovidas pelas igrejas para acolhimento das pessoas e ajuda para aqueles que estão enfrentando dificuldades financeiras.

Curando o Coração Ferido

Um estudo recente da American Bible Society e da Baylor University, revelou que os presos que participaram de um programa baseado na Bíblia para cura de traumas demonstraram maior bem-estar emocional e diminuição dos sintomas negativos. O programa “Curando o Coração Ferido”, levou ao declínio de estresse e desejo de vingança, aumentando o desejo de perdão, e dando maior significado à vida. O projeto é liderado por voluntários treinados pela American Bible Society e o Ministério Good News Jail & Prison, aplicaram o estudo conduzido pela Baylor University na Cadeia Regional de Riverside na Virgínia. O estudo apontou que dos 349 presidiários, 86% haviam experimentado pelo menos um evento traumático. Os 210 indivíduos que foram submetidos ao tratamento apresentaram melhoras significativas antes mesmo de terminar o programa de cinco sessões de duas horas cada.

De acordo com o The Christian Post, o programa começou a ser desenvolvido pela ABS em 2010 com o objetivo de ajudar vítimas de trauma a processar a dor e ganhar esperança por meio da Palavra de Deus. (The Christian Post/gospelprime).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *