A beleza da submissão

Sulamita Silva  »   novembro 2021

 “Sujeitando-vos uns aos outros no temor de Cristo” (Ef 5.21)

 Vivemos tempos difíceis onde o egoísmo, o orgulho, o senso de superioridade, a rebeldia desenfreada e a indiferença com o próximo são marcantes. Tempos em que o respeito às autoridades instituídas por Deus, seja no lar, na igreja ou no país, tem sido esquecido e, em vez disso, assistimos a toda sorte de deboches, calunias, rebeldia escancarada, desrespeito e tudo o que se possa imaginar no que tange à negação de qualquer autoridade sobre si.

Vivemos entre pessoas belas, mas vazias. Pessoas bem-vestidas, mas fúteis. Muitos famosos, porém, rendidos a vaidades. A nossa sociedade investe mais na beleza do corpo do que no cultivo do caráter. Porém nunca devemos esquecer que a submissão é uma grande ferramenta para a construção do caráter.

Mas o que é submissão? É render uma Obediência inteligente e humilde a uma pessoa investida por Deus de poder e autoridade.

A Bíblia é enfática quanto à atitude submissa que deve ser a marca do cristão autêntico. A reverencia contínua do cristão para com Deus é o fundamento para sua submissão a outros. SUBMISSÃO é uma das maiores expressões do SENHORIO DE CRISTO em nossas vidas.

No corpo de Cristo não existe superioridade ou inferioridade. Todos somos iguais aos pés da cruz. Em I Pedro 3:7 o apóstolo afirma que marido e esposa são “herdeiros da mesma graça de vida. ”

Em I Pedro 2:21-25 Pedro nos dá como ilustração suprema de submissão Jesus Cristo o qual não cometeu pecado nem dolo, no entanto se submeteu às autoridades perversas de sua época. Que exemplo de submissão e mansidão! O próprio filho de Deus, perfeito, entregou seu caso ao Pai que julga retamente. Devemos seguir esse exemplo sempre que estivermos diante de uma situação em que nossos direitos são violados ou quando precisamos nos portar com respeito e obediência a alguma autoridade constituída sobre nós.

Pedro então continua exortando que da mesma maneira que Cristo foi submisso, também a mulher deve ser submissa ao seu marido. Concordo com o Pr. Hernandes Dias Lopes quando afirma: “não devemos aceitar a ideia de uma obediência cega e servil. Submissão é pôr-se debaixo da missão de outra pessoa. A missão do marido é glorificar a Deus, amando a esposa como Cristo amou a igreja e se entregou por ela, e a missão da esposa é sustentar o marido nessa missão. ” Submissão traz a ideia de apoiar e encorajar.

Se quiser ter uma vida bem-sucedida neste mundo hostil e rebelde, o cristão deve manter relacionamentos corretos em todas as esferas do seu convívio, tanto familiar, civil e social. A submissão é o antídoto perfeito para o egoísmo que envenena os relacionamentos humanos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *