2020! O que há para agradecer?

José Infante  »  janeiro 2021

Mesmo com tantos males advindos do vírus ainda há motivos de muita gratidão a Deus! Como assim? E as famílias que choram os seus mortos? E os empregos perdidos? E as escolas fechadas? E as viagens canceladas?  E os cultos suspensos (retornados com muitas restrições)? E a conta que nos será apresentada? O que há, afinal, para agradecer por um ano desalentador e desalegre?

As Escrituras ensinam a “sermos agradecidos”! E há motivos, sim, para rendermos graças ao Senhor por 2020! Ei-los:

1. Disto me recordarei na minha mente (Lm 3:21). Certamente há o que agradecer em tempos adversos! Adaptei um texto (autor desconhecido) que diz:

“Ano de morte, mas estou vivo! Ano de escassez, não faltou pão na minha mesa! Ano de medo; mas estou confiante em Cristo! Ano dos desastres; permaneço seguro em Cristo! Quando o mundo inteiro parece estar à deriva, nosso barco rompeu procelas e não afundou; não foi por nossa força, mas pela Graça de Deus!

Sim, agradeço a Deus porque em 2020 estamos em pé, com Fé, seguindo em frente com gratidão a Jesus Cristo por seu Amor, Misericórdia e Bondade”! Oh Deus, “disto me recordarei na minha mente…”

2. Oh! Quanto amo a Tua Palavra… (Sl 119:97)!  Jesus disse: “Céus e terra passarão, mas as minhas palavras não hão de passar” (Mc 13:31).

Sem dúvida, em 2020 a Palavra Profética foi escancarada aos homens. Que coisa maravilhosa o fiel cumprimento dos vaticínios! Nações árabes fazendo acordo de paz com Israel! Escola de sacerdotes em Jerusalém ensinando aos “cohenitas” o ritual dos sacrifícios a serem realizados no novo templo! E o que falar sobre a violência, terremotos, pandemias, inversão de valores, invenção de pecados, suicídios –  800 mil pessoas cometem suicídio por ano no mundo, alerta a OMS (muitos pré-adolescentes, adolescentes e jovens)! Há muitas outras coisas que podem ser resumidas nas palavras de Jeremias: “Coisa espantosa e horrenda se anda fazendo na terra” (Jr 5:30). 

Isto nos leva à gratidão pela fidelidade da Palavra Profética! Pelo privilégio que nos deu Jesus ao dizer: “as grandes coisas foram reveladas aos pequeninos (os salvos), e não aos sábios e entendidos”; e disse mais: “quando estas coisas começarem a acontecer, olhai para cima e levantai as vossas cabeças, porque a vossa redenção está próxima” (Mt 11:25; Lc 21:28)! Portanto sede agradecidos pela inerrante Palavra Profética – A BÍBLIA!

3. Aqui não é o vosso lugar de refrigério… (Mq 2:10). Com certeza, não é! Nosso lugar de descanso é tão esplendoroso que foge a qualquer descrição humana! Preparado por Deus que, como escreveu um colega, “não troca o bom pelo pior, só pelo melhor! Se esta terra com todas as suas imperfeições e condenações já possui belezas incalculáveis, se Deus a tudo criou com cores, variações, beleza, tamanho, dimensões diferentes e absoluta variedade, e se Deus disse que tudo isto era MUITO BOM, então o que virá na Nova Jerusalém e na eternidade SÓ PODERÁSER MELHOR AINDA”! (Pr. Wagner A. Araújo).

A mente finita não define a glória infinita. Paulo limitou-se a dizer “coisas inefáveis” – beleza inenarrável e indescritível! É isso que nos faz cantar venturosos e agradecidos: “Sim, há de ser grande glória pra mim quando puder o seu roto mirar, oh! Há de ser grande glória pra mim” (500 CC)!

Há muito a agradecer! Focados em Jesus e na gloriosa esperança da Igreja, vivamos um dia de cada vez orando agradecidos: Maranata, vem Jesus!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *